Homens e Mulheres: a organização de cada um!

Olá queridas leitoras

Excepcionalmente hoje: Olá queridos leitores

Por favor, não esperem um texto feminista, muito menos machista e tão pouco, fascista na coluna de hoje!

Meu objetivo aqui – apesar de ser um ambiente mais voltado para mulheres, é mostrar como nossos queridos meninos vêem a organização. Como eles precisam e gostam dela, apesar de ser do jeito deles!


Pode ser?


Prepare-se: vou te surpreender com minha vasta experiência neste campo profissional e também pessoal!

Homens amam a organização e não colaboram por apenas não entender a nossa lógica! Que diga-se, de passagem é mais subjetiva do que lógica, não é verdade amiga? Queremos tudo arrumadinho e bem decorado. Por sua vez, eles querem encontrar e DEIXAR tudo ao alcance de suas mãos! Para eles isso é organização!


Deixa-me dividir com você uma experiência pessoal que tive em meu casamento.


Meu quarto tem um cesto lindo para roupas sujas – escolhido a dedo. Meu marido anos após anos deixava suas meias em cima do tênis AO LADO do cesto. Em vários momentos apresentei esses dois moradores da minha casa: cesto este é o Leandro. Leandro este é o cesto, feito para guardar roupas sujas!

Até que cansei de pedir e desisti de ver as meias dentro do cesto. Em um churrasco com amigos, fui questionada de como ia à empresa: fui enfática e sarcástica: Esta ótima, organizo a vida de todo mundo, menos do meu marido!!!!


Contei a minha anfitriã sobre a história da meia. Todos riram e apenas ele sério, disse: “não tenho coragem de colocar minhas meias no mesmo lugar que tu coloca tuas roupas lindas e delicadas!”


Apaixonada, quis casar novamente com o mesmo homem, entendi a lógica DELE e nunca mais reclamei das tais MEIAS!

Viu só! Eles gostam de organização!

A toalha em cima da cama, o papel higiênico virado, o tênis no meio da sala e muitas situações matrimoniais envolvendo a organização, POSSUÍ uma explicação até cientifica para eles: LEMBRA DA MEIA?

Converse, sem ser “a chata da arrumação” pergunte sem ser “a cobradora de resultados domésticos” e talvez se surpreenda com a lógica masculina.


Confesso que, meus maiores e melhores clientes são homens. Ouço atenta e demoradamente o que buscam e como querem “encontrar suas coisas”.

Na maioria das vezes é totalmente diferente da minha lógica que quero encontrar por cor ou estilo!

Eles só querem encontrar! Só isso! Não questione mais, apenas ouça e participe do método. Verá que conflitos domésticos relacionados à organização podem ser muito simples de serem resolvidos.

Permita-me ser machista por apenas um único parágrafo? Sou gaúcha e de certa forma “criada para cuidar da casa”. Gosto de tudo isso, mas quis mais: quis ser também empresária!

Apesar de não ter empregada (com meu TOC e minha empresa de organização: alguém mataria alguém) Ou eu a ela ou ela a mim!


Decidi-me pelo mais simples e com menos consequência: eu cuido da minha casa!


Não divido tarefas domésticas com meu marido! Por acreditar que não ficaria da forma que eu MULHER gosto, prefiro cuidar de tudo e deixar ele fazer o que sabe: ser apenas lógico!


Afinal, de lógica doméstica entendo eu e você, mulher!

Uma semana impecável para você e até segunda que vem!

Rô Campos

0 visualização

Posts Relacionados

Ver tudo